HORSE BREEDING PROGRAM: BIOCHEMICAL ASPECTS. / Melhoramento genético de equinos: Aspectos bioquímicos.

I. C. REGATIERI, M. D. S. MOTA

Resumo


Nos últimos anos, a equinocultura no Brasil se desenvolveu e ganhou importância nas atividades de esporte e lazer. O complexo do agronegócio do cavalo é relevante no cenário nacional e o país apresenta destaque na importação e exportação de animais vivos. A exportação de cavalos de corrida tem aumentado e as técnicas de melhoramento genético visando melhor desempenho esportivo têm sido almejadas por criadores, apesar do distanciamento destes com os centros de pesquisa. Estudos científicos foram publicados em várias áreas da produção equina, porém, quando se trata de melhoramento genético, valores de herdabilidades e correlações para características relacionadas ao desempenho atlético de cavalos de esporte dificultam uma seleção simples e direta. A seleção genômica pode fornecer as ferramentas necessárias para o aperfeiçoamento do melhoramento das raças equinas embora fatores ambientais possam interferir no desempenho dos equinos, como nutrição e o treinamento realizado nos cavalos esportistas. Várias fibras musculares compõem o músculo esquelético dos cavalos. Suas proporções e tipos podem ser modificados conforme o treinamento aplicado. Outros fenótipos que podem ser alterados com o treinamento se referem a processos envolvendo mecanismos de homeostase ácido/base. O ATP é o principal combustível fornecido para que a contração muscular ocorra. Uma das vias de produção de ATP é a glicólise anaeróbia que tem como produto final o lactato e o hidrogênio, este, um dos responsáveis pela fadiga muscular. Transportadores Monocarboxilatos tipo 1 (MCT1), presentes nas hemácias, e sua proteína acessória (CD147) têm como função transportar íons H+ e lactato do plasma para o eritrócito contribuindo para a manutenção da homeostasia ácido/base retardando a acidose sistêmica e a fadiga de fibras musculares glicolíticas. Pesquisas estão sendo realizadas com o intuito de explorar a expressão desses transportadores nos músculos e hemácias de cavalos com o objetivo de buscar possíveis alternativas para melhorar o desempenho de cavalos em esportes.

 

 

SUMMARY

 

In recent years, in Brazil, horse breeding has developed and gained importance in sports and leisure activities. The complex horse agribusiness is relevant on the national scene and the country is an important importer and exporter of horses. The export of racehorses has increased lately and the search for breeding techniques that aim at better sports performance is being sought by breeders, despite their distant relationship with research centers. Scientific studies have been published in various areas of equine production, but when it comes to breeding, heritability values ​​and correlations for traits related to athletic performance of athlete horses, a straightforward selection becomes difficult. The genomic selection can provide the tools necessary to improve horse breeds; although, environmental factors, such as nutrition and sports training can affect horse performance. Horse skeletal muscle is made up by several muscle fibers, whose proportions and types can be modified by specific training. Other phenotypes that can be changed by training are the processes involving acid/base homeostasis mechanisms. ATP is the main fuel supplied for muscle contraction to happen. One of ATP production pathways is anaerobic glycolysis which produces lactate and hydrogen, this one responsible for lowering the pH causing muscle fatigue. Monocarboxylate transporters type 1 (MCT1) and its ancillary protein (CD147) have as function to transport H+and lactate ions from plasma to red blood cells contributing to the maintenance of acid/base homeostasis retarding systemic acidosis and fatigue of glycolytic muscle fibers. Researches are being conducted in order to determine the role of these transporters in muscle and red blood cells, and to seek possible alternatives to improve horse sports performance.

 




DOI: http://dx.doi.org/10.15361/2175-0106.2012v28n4p227-233