MICROBIOLOGICAL QUALITY OF DOG FEED SOLD IN SEALED PACKAGES AND IN BULK / Qualidade microbiológica de rações para cães comercializadas no varejo em embalagem fechada e a granel.

T. M. S. GIRIO, A. NADER FILHO, O. D. ROSSI JUNIOR, L. A. AMARAL, R. J. S. GIRIO

Resumo


Nos últimos anos, o segmento de alimentos de animais de estimação no Brasil vem apresentando um expressivo crescimento no volume de vendas. O mercado brasileiro de rações para cães apresenta os maiores índices de crescimento mundial.  Com os objetivos para verificar a qualidade higiênico-sanitária e a influência da venda a granel foram analisadas 15 marcas de rações para cães, oriundas de embalagens fechadas e da comercialização a granel. As amostras foram obtidas no comércio varejista do Município de Jaboticabal/SP. Foram realizadas as determinações dos números mais prováveis de coliformes totais e termotolerantes, contagens de bolores e leveduras microrganismos mesófilos e a pesquisa de bactérias do gênero Salmonella. Os resultados obtidos evidenciaram que não houve diferença significativa nas contagens de bolores e leveduras e microrganismos mesófilos entre as amostras comercializadas em embalagens fechadas e a granel. Entretanto, nas amostras de rações comercializadas a granel foram verificadas maiores porcentagens de amostras contaminadas por bolores e leveduras e uma maior contaminação por indicadores de poluição fecal. Não foram isoladas bactérias do gênero Salmonella  nas amostras analisadas. Sugere-se que na comercialização a granel a ração seja embalada para com isso preservar a qualidade microbiológica do produto.

 

SUMMARY

 

In recent years, the segment of pet food has had a significant growth in sales volume in Brazil. The Brazilian market for dog feed is growing at the highest rate worldwide. The present study analyzes 15 brands of dog food regarding their hygienic-sanitary quality, sold either in sealed packages or in bulk. Samples were obtained from specialized shops in Jaboticabal, SP, Brazil. Most Probable Number of total and thermotolerant coliform bacteria, counting of mold and yeasts, mesophilic microorganisms and bacteria of the genus Salmonella were also determined.  Results show that no significant difference was detected in counting of molds, yeasts and mesophilic micro-organisms among the commercialized samples either in sealed packages or in bulk. Higher percentages of samples contaminated by molds and yeasts and higher fecal pollution contamination indexes were detected in bulk feed samples. Bacteria of genus Salmonella were not isolated in the analyzed samples. It is recommended that the bulk feed be packed and sealed for commercialization, so that its micro-biological quality is preserved.

 

 




DOI: http://dx.doi.org/10.15361/2175-0106.2012v28n1p036-040