CARACTERÍSTICAS DA ÁGUA DE CONSUMO ANIMAL NA ÁREA RURAL DA MICROBACIA DO CÓRREGO RICO, JABOTICABAL, SP

F. R. PINTO, C. F. SAMPAIO, A. S. MALTA, L. G. LOPES, G. T. PEREIRA, L. A. AMARAL

Resumo


A qualidade da água oferecida aos animais é um fator importante que deve ser observado na produção animal, pois a água pode veicular organismos patogênicos e substâncias tóxicas prejudiciais à saúde de rebanhos. O objetivo desse trabalho foi caracterizar a qualidade microbiológica e físico-química da água de fontes de abastecimento e do ponto de consumo animal quanto a potabilidade animal em propriedades rurais da Microbacia Hidrográfica do Córrego Rico, Jaboticabal, SP. Para isso, as análises microbiológicas realizadas foram: determinações dos números mais prováveis de Escherichia coli e enterococos e contagem de microrganismos heterotróficos mesófilos. As análises físico-químicas realizadas foram: determinações do pH, cor e turbidez e concentrações de nitrato e amônia. As colheitas de amostras de água ocorreram na estação de seca e chuva, a fim de se verificar a existência de influência da estação na qualidade da água. Os resultados indicaram que a maioria das fontes era representada por poços, não havia tratamento da água antes de ser oferecida aos animais e os bebedouros não eram limpos com frequência, prejudicando a qualidade da água. Altas porcentagens de amostras de água das fontes e dos bebedouros estavam impróprias para consumo animal, segundo os padrões microbiológicos, nas duas estações. A qualidade físico-química da água nos dois pontos de colheita não estava comprometida de modo de interferir na saúde dos animais. Conclui-se que a água oferecida aos animais necessita de tratamento para garantir sua qualidade, de modo que reduza os riscos de veiculação de doenças.

Texto completo:

Artigo na Íntegra - PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15361/2175-0106.2010v26n3p153-159