DINÂMICA DA CONTAMINAÇÃO POR INDICADORES BACTERIANOS E EFEITO DA CLORAÇÃO EM TRÊS MANEJOS DA ÁGUA DE DESSEDENTAÇÃO DE BEZERRAS.

F. R. PINTO, L. G. LOPES, L. S. FARIA, A. P. NUNES, L. A. AMARAL

Resumo


O objetivo desse trabalho foi determinar a dinâmica da contaminação por indicadores bacterianos e verificar o efeito do uso do cloro na água de dessedentação de bezerras. Para isso, foram analisadas amostras de água não clorada e clorada dos bebedouros de bezerras mantidas em abrigos móveis individuais em local aberto (manejo 1) e em baias individuais em bezerreiro (manejos 2 e 3). A água permaneceu nos bebedouros à disposição dos animais por 24, 17 e 7 horas nos manejos 1, 2 e 3, respectivamente. A quantificação de enterococos, Escherichia coli e microrganismos heterotróficos mesófilos, e o consumo de cloro foram realizados nas amostras de água. Nos três manejos, nas águas não cloradas e cloradas, ocorreu aumento na contaminação bacteriana para os indicadores bacteriológicos estudados durante a permanência da água nos bebedouros. A utilização do cloro foi fundamental para a melhoria da qualidade da água e a utilização de água clorada por um tempo de permanência de no máximo 7 horas nos bebedouros foi o melhor manejo para garantir a qualidade microbiológica da água.

PALAVRAS-CHAVE: Bebedouro. Bovino. Cloro. Microrganismos.


Texto completo:

Artigo na Íntegra - PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15361/2175-0106.2010v26n1p026-031