UTILIZAÇÃO DO DETECTOR DE METAIS PARA A DETERMINAÇÃO DA PREVALÊNCIA DE CORPOS ESTRANHOS METÁLICOS EM BOVINOS DE RAÇAS LEITEIRAS NA REGIÃO DE ARAÇATUBA-BRASIL

L. C. N. MENDES, F. L. F. FEITOSA, F. N. HADDAD, L. TAKADA, S. H. V. PERRI, J. R. PEIRÓ

Abstract


Com os objetivos de determinar a prevalência de corpos estranhos metálicos nos animais de rebanhos da região de Araçatuba-Brasil, verificar a presença de animais com reticuloperitonite traumática nestes rebanhos e correlacionar a presença de sinais clínicos de reticuloperitonite traumática à positividade quando da avaliação pelo detector de metais, foram pesquisados 138 animais adultos, sendo 48 animais na propriedade 1, sendo 24 animais positivos à passagem do detector de metais, 32 animais na propriedade 2, nenhum positivo, 28 animais na propriedade 3 sendo 3 positivos e 30 animais na propriedade 4 sendo 7 animais positivos. Sangue de 11animais foram colhidos para a realização de hemograma, porém nenhum deles apresentou alteração. Podemos concluir que a utilização do detector de metais como auxiliar de diagnóstico é de fundamental importância, pois permite um diagnóstico mais precoce o que diminui os gastos e melhora a chance de sucesso no tratamento e que propriedades melhores manejadas tem menor incidência de ingestão de corpos estranhos metálicos e portanto menor probabilidade da ocorrência da doença.

PALAVRAS-CHAVE: Bovinos. Reticuloperitonite. Reticulopericardite. Corpo estranho.




DOI: http://dx.doi.org/10.15361/2175-0106.2009v25n2p054-057